terça-feira, 24 de junho de 2008

Olá colegas

Fomos criados a ter medo de tudo que é novo. (medo da tecnologia)
Esse video nos mostra como vai ser a próxima geração.
Se não acompanharmos vamos ficar a margem dos nossos alunos.



Bom video!

2 comentários:

José Luiz disse...

Olá, Carla.
Vendo o vídeo que você postou, ocorreu-me que a gente, às vezes, fica tampando o sol com a peneira.
"O certo é que os recursos tecnológicos devem ser utilizados como mais uma ferramenta na construção de conhecimentos." Eu já repeti isso inúmeras vezes, talvez para me fazer acreditar.
Você conhece alguém que utilize aquela lousa pequenina que nossos avós usavam para fazer cálculos matemáticos? E o ábaco? Já parou pra pensar no quanto se diminuiu o uso de quadro negro e giz em nossas escolas? Conhece alunos que leiam clássicos como "A Divina Comédia", "Os Lusíadas", "Dom Quixote" que nós éramos obrigados a ler?
Aliás, já percebeu que se lê e se escreve cada vez menos?! Que nosso quadro negro e giz daqui a pouco serão a tela do computador, o teclado e o mouse?!
Olha, minha amiga, os recursos tecnológicos não são mais uma ferramenta, são a ferramenta. E o professores que depressa não incorporarem isso dever temer sim pelos seus empregos.
Um abraço grande.

Carlos Augusto disse...

Oi Carla, tudo bem!
Gostei muito do vídeo que você escolheu, principalmente em relação ao medo das pessoas no que se refere ao novo.
Apesar de termos medo daquilo que é novo em nossa vida, na maioria das vezes vale a nossa vontade em persistirmos, pois são novos horizontes que poderão nos fazer muitos felizes.
A tecnologia ainda é um bebê que a cada dia vai desenvolvendo, trazendo sempre novidades, e com isto, desperta-nos para a curiosidade e a necessidade de nós professores ingressarmos de vez nesta caminhada; caso contrário, iremos ficar a margem dos próprios alunos.
O que será daqui a 15 anos? Não temos como prever totalmente, mas com toda certeza os recursos tecnológicos estarão muito mais avançados.
Nós fazemos parte deste processo
e o medo do novo não existe mais, pois teremos superado todas estas barreiras que nos impede de caminharmos juntos rumo
ao sucesso e aos grandes avanços tecnológicos.


Um forte abraço.